Falando de Pesca »

27 de março de 2022 – 9:16 | 46 views

44- FALANDO DE PESCA – 48- Peixes
44.48.70-S – PORQUE SERÁ QUE O PESCADOR BUSCA A BICUDA  ?
Seria pelos seus saltos acrobáticos ou pela boca pontuda ou pela grande dificuldade que a bicuda oferece ao Pescador,…

.Nome (…)

Leia a história completa »
Blog
Além da Pesca
iniciantes
Notícias de Pesca
Peixes
Home » Falando de Pesca

44- Falando da Bicuda {399}

Enviado por on 27 de março de 2022 – 9:16Nenhum Comentário | 46 views

44- FALANDO DE PESCA – 48- Peixes

44.48.70-S PORQUE SERÁ QUE O PESCADOR BUSCA A BICUDA  ?

Seria pelos seus saltos acrobáticos ou pela boca pontuda ou pela grande dificuldade que a bicuda oferece ao Pescador,…

.Nome Científico: Boulengerella cuvieri
.Família: Ctenoluciidae
.Ordem: Characiformes

.Distribuição: Bacias Amazônica e Tocantins-Araguaia.

                       Características

O peixe bicuda é um peixe de escamas que possui uma grande boca pontuda e bastante dura. Sua boca é uma característica marcante, justificando seu nome.Possui dentes pequenos e pontudos, dispostos lado a lado, que  se assemelham a pequenas agulhas.

Seu corpo é alongado, comprido, roliço e fusiforme. Sua cor varia de acordo com a espécie (existem mais de 20 que são conhecidas como bicuda). Normalmente, sua cor é prateada e seu dorso é cinza (ou tem uma tonalidade mais escura).

Ao longo do seu corpo, também pode-se constatar manchas pretas. Já na metade posterior do corpo, na sua nadadeira dorsal e nas nadadeiras pélvicas e anal,  apresentam margem preta.

A caudal, em seus raios medianos, possui uma faixa preta sendo, normalmente, arredondada. Pode apresentar, inclusive, parte dos lóbulos em tom avermelhado e alaranjado.

Quanto ao seu peso e crescimento, cabe citar que os maiores exemplares pesam cerca de 6 kg e conseguem superar 1 metro de comprimento.Entretanto, a espécie em geral mede 80 cm e alcança pouco mais de 5 kg.

Sejam pelos saltos, acrobacias, boca pontuda ou pela grande dificuldade de pesca que o peixe Bicuda oferece ao Pescador, torna esta, uma espécie muito famosa em toda a América do Sul.

Distribuição geográfica no Brasil

A espécie é distribuída nas Bacias Amazônica e Araguaia-Tocantins.

Habitat

.A espécie vive em zona climática tropical costuma sair à procura de cardumes que se alimentam na superfície.

Outros pontos relevantes sobre onde encontrar a espécie, são os seguintes:

.Águas rápidas, onde ficam próximo à superfície e costumam 

estar presente perto de rochas e troncos de árvores.Nos lagos e nas pequenas baías, também.

.Também é possível, encontrar o nosso peixe em remansos e igarapés

.Contudo, vale citar,  que os indivíduos de pequeno porte costumam nadar em águas mais calmas.

Alimentação

Por ser um peixe piscívoro, a espécie é predadora, ataca suas presas violentamente e se alimenta de outros peixes menores como os lambaris.

Além disso, os animais invertebrados como os crustáceos também podem servir de refeição, bem como, os insetos

Reprodução

.Para desovar, o peixe Bicuda não costuma realizar migrações.

Pescando –  “a” ou “o” BICUDA (qual denominação usar)??

.Sugere-se priorizar a pesca nas regiões norte e centro-oeste e principalmente em águas frescas, de 22 a 28 ° C, ressaltado -se que a Bicuda é um peixe que requer do Pescador uma boa técnica e muita atenção .

.Como características principais da bicuda , pode-se destacar , a sua voracidade e grande habilidade com o salto, principalmente para a captura de suas presas, o peixe costuma dar saltos sucessivos e acrobáticos com o corpo para fora da água e a nadadeira caudal dentro.

Material

Sugere-se o uso de materiais,  patra a captura do nosso peixe :

.Prefira os leves e opte por varas de ação média rápida, principalmente por conta da cartilagem da boca do peixe que é dura.

.Com relação  as linhas, escolhar entre 14, 17 ou 20 lb .

.Anzóis de n° 3/0 a 5/0 de ponta bem afiada, pois se o peixe não for bem fisgado, ele tenderá a escapar /devido aos seus saltos.

.Diferentemente da pesca de outras espécies, para capturar o peixe Bicuda, sugere-dar preferencia as iscas artificiais tais como -iscas de superfície e meia água, colheres e spinners. Porém , se a tentativa for de isca natural, o lambari seria o  indicado.

.Como dica, indica- se deixar a fricção muito bem regulada , já que o nosso peixe, costuma tomar muita linha quando fisgado.

 Fonte

.CPT

.Wikipedia

.AGRO 2.0

.S.Caiçara Club

.Peixes Fluviais do Brasil – Rubinho/Alec K. Zeinad

. Falando de Pesca Edit. Mar.22

♣ O que você tem feito pelo planeta Terra??

 399

 

 

 

 

Deixe um comentário!

Adicione seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. You can also subscrever estes comentários via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

Você pode usar essas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este é um weblog Gravatar-permitido. Para obter seu próprio avatar-reconhecido, por favor registre em Gravatar.