Falando de Pesca »

6 de novembro de 2019 – 18:15 | 74 views

48-Peixes – 44 – Falando de Pesca

48-66-S- CONHECENDO A PIRARARA
A Pirarara é um peixe que tem sua ocorrência nas bacias dos rios Araguaia – Tocantins e Amazônas, (…)

      Reino – Animalia  ; Filo - Chordata ;  Classe - (…)

Leia a história completa »
Blog
Além da Pesca
iniciantes
Notícias de Pesca
Peixes
Home » Dicas Úteis

43- Reparando Iscas Artificiais – II

Enviado por on 8 de maio de 2013 – 19:02Nenhum Comentário | 26.621 views

04.00 -FALANDO DE PESCA – 43- Iscas Artificiais

43.04.RREPAROS EM ISCAS DANIFICADAS - II 

Entre um arremesso e outro, o Pescador percebe que á ação da sua isca esta diferente das vezes anteriores ou mesmo de alguns instantes atrás(…),

Você que gosta da pesca com iscas artificiais, já pode ter vivido essa experiência, nem sempre muito agradável, principalmente, se a isca era aquela de “estimação”.

Às vezes o problema pode não ser tão “grave” e ao examinar a isca com mais atenção, percebe-se que há água em seu interior e consequentemente ela estará mais pesada, com seu nado alterado e até alterando seu trabalho, sua produtividade.

Os plugs ocos, principalmente os de plástico, podem sofrer danos, principalmente, perfurações de diversas formas, que podem ocorrer após ataques de peixes com dentição pontiagudas, do tipo – traíras, cachorras, piranhas e outros mais.

Os danos podem ocorrer também no choques com arvores, pedras, pilastras e outras estruturas.

Em vez de descartar de imediato a isca, dependendo do dano e da oportunidade, pode-se tentar a recuperação, pois a mesma não requer “grandes trabalhos nem tão pouco grande habilidade”. Se for o caso, siga as dicas para o reparo:  

1- Localize o dano e o ponto onde a água esta penetrando.

2- Vede o furo ou a rachadura com cola de contato de ação rápida.

Observar que após a vedação, a água ainda continua dentro da isca.

3- Para extrair a água retida, faça numa das extremidades da câmara oca da isca, um pequeno orifício/ furo. Sendo que este pode ser feito com um objeto pontiagudo do tipo canivete, saca-rolha, anzol grande ou mesmo, broca de pequeno diâmetro através de uma furadeira.

4- Dano vedado com cola, orifício / furo executado, o passo seguinte é soprar nesse com força, pois a pressão do ar deve fazer que a água seja expelida quando se deixar de soprar.

Foi dito que á água “deve sair”, pois às vezes a água não sai; a solução é fazer outro orifício/furo no lado oposto do primeiro. Sopre nesse segundo orifício/furo, a água sairá pela outra extremidade.

5– Para retirar toda a água mais rapidamente de dentro da isca, após soprar, retire a isca da boca e vire a parte furada para baixo. Repita a sequencia até retirar toda a água.

6- Se houver sol, deixe a isca secar, do contrario , deixe “no tempo” até perceber que a água remanescente secou.

7- Neste estagio só estaria faltando vedar um ou dois orifício/furo, porem, se a isca foi colocada no sol para secar, deixe “esfriar” totalmente , do contrario ,é só concluir a operação com a mesma cola de ação rápida.

  Caso a cola estiver muito liquida, para facilitar o seu uso, pode – se adicionar um pouco de açúcar para torná-la mais viscosa e facilitar o seu uso.

 A ideia deste texto é incentivar o Pescador a mais uma atividade, que pode e deve ser prazerosa, porem se por qualquer motivo, não aja a condição para tal ou mesmo o resultado não seja dos melhores(…), “aposente-se” a isca.

 

Fonte

.R.P. Esportiva-145- Giuliano Andretta

.Falando de Pesca -(10) R.Mai./13

♣ O que você tem feito pelo planeta Terra??

Deixe um comentário!

Adicione seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. You can also subscrever estes comentários via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

Você pode usar essas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Este é um weblog Gravatar-permitido. Para obter seu próprio avatar-reconhecido, por favor registre em Gravatar.