Falando de Pesca »

6 de novembro de 2019 – 18:15 | 73 views

48-Peixes – 44 – Falando de Pesca

48-66-S- CONHECENDO A PIRARARA
A Pirarara é um peixe que tem sua ocorrência nas bacias dos rios Araguaia – Tocantins e Amazônas, (…)

      Reino – Animalia  ; Filo - Chordata ;  Classe - (…)

Leia a história completa »
Blog
Além da Pesca
iniciantes
Notícias de Pesca
Peixes
Home » Falando de Pesca

43- Falando da Isca de Hélice

Enviado por on 19 de agosto de 2013 – 19:14Nenhum Comentário | 2.953 views

44.00– FALANDO DE PESCA – 43 – Iscas Artificiais

43.02.S - ISCAS DE HELICE

Na pesca do Tucunaré com iscas de superfície, a isca de hélice, ocupa lugar de destaque, (…)    

Iscas de Hélice, como o próprio nome indica, são iscas providas de uma ou mais hélices que emitem um ruído característico na superfície da água atraindo e irritando os predadores. Não são raras as vezes que o ataque ocorre pela simples irritação, mesmo o peixe estando sem fome.

Em alguns momentos percebemos a preferência dos peixes por esses modelos, principalmente as que fazem mais barulho causando uma comoção maior na água.            

Tucunaré, mesmo considerando que em muitos dos locais as espécies presentes não crescem tanto, sua pesca principalmente com iscas artificiais de superfície, é das mais esportivas e emocionantes.

Dentre as iscas dessa categoria usadas na pesca do tucunaré, uma pode ser considerada como a que proporciona ataques mais fantásticos de todos; a isca de hélice.

Caractizar esse tipo de Plug é fácil, ele quase sempre possuirá, na parte de trás, uma ou duas palhetas metálicas, que realmente se parecem com pequena s hélices prontas para propulsionar as isca.

Quem faz a hélice girar e transfere toda a vida ao artefato, ao puxá-lo caprichosamente, é o Pescador.

Há modelos com hélices também na parte dianteira, sendo poucos os que possuem na frente. Os tamanhos variam muito, existindo no mercado iscas que vão desde os seis centímetros até os gigantes, de quase 25.

Tal diversidade, fruto da própria demanda de seus usuários para os mais diferentes locais e situações confirma serem as hélices, iscas aptas para trabalharem em qualquer rio, lago ou represa brasileira que abrigue tucunarés, não importando a espécie a qual pertençam.

Você Conhece??

Existem muitos modelos de iscas de hélice á nossa disposição atualmente, tanto de fabricantes nacionais como estrangeiros. Os nacionais cada vez mais competentes e precisos na fabricação de seus produtos.

Iscas de procedência e nome 100% brasileiros, com a Bicuda, Dr. Helice, Tucuna Rex, Turbilhão , e Turbina Bair Turbo , são cada vez mais comuns nas mãos dos nossos Pescadores.

Na represas do Sudeste, dominadas pelos tucunarés azuis e amarelos, um dos modelos de maior sucesso é o famoso Torpedo da Heddon, encontrado em tamanho adequado até para a pesca de tilapias.

Dicas de Trabalho

Arremessar e simplesmente “arrastar” uma isca de hélice com vigorosos puxões de ponta de vara não garantem um bom trabalho.

Pode não parecer, mas este tipo de isca esta entre os mais eficientes para serem devidamente ajustado e seu poder de atração é severamente afetado pela eficiência desse ajuste.

Confira as dicas importantes para que sua “hélice” trabalhe a contento:

1 -A vara certaAs de 5’.6” e de ação rápida são as mais indicadas por tornarem o trabalho das iscas mais confortável e menos cansativo.

2– Trabalho As puxadas devem ser feitas de preferência para baixo ou para o lado e não para cima, a não ser que a isca esteja a uma grande distancia.

3 – Ajuste -1 – Sempre teste a isca antes de usá-la pra valer ou após a captura de um peixe. Verifique se a hélice gira livremente pela haste do pitão e produz o maximo ruído para a qual foi desenhada. Utilize um alicate de bico para efetuar as correções.

4- Ajuste -2-  Para deixar as iscas com barulho mais forte, podemos “turbiná-las” com a troca e o ajuste da hélice. Nesse caso, precisaremos usar a clássica isca que dispõe de duas hélices - Neste caso, retiramos ambas as hélices e colocamos somente uma maior e de formato diferente na cabeça da isca, invertendo assim sua forma de puxar. Nesse caso deve-se inverter também os pitões para que fiquem alinhados ao novo formato da isca. Finalizando, damos uma pequena entortada para dentro nas pás da hélice, gerando com isso mais resistência na água quando tracionada, consequentemente provocando mais barulho e levantando mais água.

5 – Cores - Devem variar conforme a cor da água. Normalmente, a pesca de tucunarés é feita nas três seguintes situações:

. Água muito limpa, e clara- que é o caso do rio Xingu e de represas como a da Serra da Mesa

Cores neutras, como cinza e pratas, são boas opções.

. Águas escurasa região do Rio Negro e seus afluentes (é o exemplo mais clássico).

Cores fortes, como laranja, vermelho e amarelo bem como o famoso “branco osso”.

. Águas brancas (barrentas) – nesta situação, as cores escuras, como preto, roxo, e marrom, costumam ser boas escolhas.

6 – Persistência Um dos efeitos das iscas de hélice é imitar o som da fuga de peixes sendo caçados. Isso normalmente atrai predadores de áreas mais distantes, o que as torna especiais para uso em áreas alagadas, como igapós e mata inundada.

No entanto, é importante o Pescador ter persistência e repetir vários arremessos na mesma área.

Caso o peixe apareça e apenas “reboje” sobe a isca, é importante que outro Pescador a bordo tenha a mão uma isca diferente, como uma twitch – bait ou uma isca meia água para “cobrir” imediatamente a ação do parceiro e aumentar a chance de captura do peixe.

7 – Não FerreAgressivos e imprevisíveis ao atacarem iscas de hélice, os tucunarés erram muitos botes. O Pescador que acompanha a isca visualmente costuma ter reflexo de fisgar no mesmo instante do ataque, muitas vezes arrancando a isca da boca do peixe. Tenha sangue frio nesses momentos e continue trabalhando até forçar um segundo ataque.

Quando ativos, os tucunarés podem atacar duas ou três vezes até acertar a isca ou simplesmente arremessá-la com tudo para longe. São esses os ataques mais espetaculares.

Fonte

R. P. Esportiva– 153 – Ian de Solocki

.R.Pesca. & Cia – 01/06/13

.Falando de Pesca – (10) R – Jul/13

♣ O que você tem feito pelo planeta Terra??

Deixe um comentário!

Adicione seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. You can also subscrever estes comentários via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

Você pode usar essas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Este é um weblog Gravatar-permitido. Para obter seu próprio avatar-reconhecido, por favor registre em Gravatar.